Incêndio em asilo em Quebec pode ter matado 32 pessoas

A polícia canadense disse neste sábado que 32 pessoas podem ter morrido no incêndio ocorrido nesta semana em um lar de idosos na província de Quebec, embora apenas oito corpos tenham sido recuperados até o momento.

Reuters

25 de janeiro de 2014 | 15h59

"Nós concordamos que 24 pessoas ainda estão desaparecidas. Acho que podemos supor o pior, mas é preciso entender que não vamos confirmar nenhuma morte até que tenhamos recuperado os restos", disse o porta-voz da polícia Guy Lapointe em entrevista a jornalistas em L'Isle-Verte, localidade a nordeste de Quebec onde fica o lar dos idosos atingido pelo incêndio.

(Reportagem de Randall Palmer)

Mais conteúdo sobre:
MORTEASILOQUEBEC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.