Incêndio em fábrica mata mais de 100 em Bangladesh

- O fogo se alastrou por uma fábrica de roupas nos arredores da capital de Bangladesh, matando mais de 100 pessoas, informou o Corpo de Bombeiros no domingo, no pior incêndio já registrado em uma fábrica do país.

Reuters

25 de novembro de 2012 | 12h42

As condições de trabalho nas fábricas em Bangladesh são notoriamente péssimas, com pouco cuidado na aplicação das leis de segurança, e a superlotação e portas antichamas trancadas são comuns.

A causa do incêndio não foi imediatamente determinada.

O incêndio na fábrica de nove andares Trazeen Fashion, em Ashulia, cinturão industrial de Dhaka, começou no primeiro andar na noite de sábado, e se espalhou prendendo centenas de trabalhadores.

"Até agora o número de mortos confirmados é de 109, incluindo as nove pessoas que morreram ao pular do prédio," disse à Reuters, Mizanur Rahman, diretor adjunto da brigada de incêndio.

Testemunhas disseram que os trabalhadores, a maioria mulheres, correu em busca de segurança, enquanto o fogo tomava conta do prédio, mas eles não conseguiram passar pelas saídas estreitas.

"Muitas pessoas pularam pelas janelas e ficaram feridas ou morreram na hora," disse Milon, morador da área.

(Por Anis Ahmed e Ruma Paul)

Tudo o que sabemos sobre:
BANGLADESHINCENDIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.