Incêndio mata 5 detentos e fere 27 em presídio de Belém

Um incêndio provocado por detentos do Centro de Detenção Provisório do Distrito de Icoaraci, em Belém do Pará, matou cinco presos e deixou 27 feridos, com queimaduras pelo corpo, nesta terça-feira, 8.

GABRIELA AZEVEDO, Agência Estado

09 Abril 2014 | 11h14

Por volta das 18h desta terça-feira, 8, os encarcerados da cela 25, onde ficavam 32 homens, atearam fogo sobre os colchões e lençóis. A capacidade da cela é de apenas 30 pessoas.

De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), as cinco vítimas acreditaram que um motim estava começando no centro quando ouviram os demais presos batendo nas celas vizinhas. Para tentar se proteger, os cinco detentos, que tinham problemas de convivência com outros presos, formaram a barricada de fogo em frente à cela. O fogo se alastrou pra dentro da cela.

Jairo Coutinho da Silva, Marinaldo da Silva, Alexandre Souza da Silva, Emerson Valcacio e Ednaldo Guerreiro morreram provavelmente de asfixia. A cela será periciada.

Mais conteúdo sobre:
incêndiopresosBelém

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.