Incêndio mata aposentado dentro de casa em São Paulo

O aposentado José Manoel Calvo, de 77 anos, morreu no início desta madrugada após um incêndio atingir o interior da sua residência, na região de Cidade Líder, zona leste da capital paulista. Ao ver as chamas, vizinhos ligaram para os bombeiros, que acionaram quatro viaturas para o local, mas já era tarde. O fogo teve início no quarto onde José Manoel dormia, sozinho. A esposa, Rosa Colin Calvo, de 82 anos, estava no outro quarto e, quando percebeu, o incêndio já havia tomado conta do cômodo onde o marido dormia. Como inalou bastante fumaça, Rosa, mesmo aparentemente bem, foi levada para o Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, para ser medicada. Segundo os bombeiros, que conversaram com familiares da vítima, o idoso, por sofrer de uma doença neurológica degenerativa, há 3 anos já não andava mais, por causa de uma paralisia nas pernas, e se locomovia apenas em uma cadeira de rodas. Somente a perícia irá informar a causa do incêndio. Parentes da vítima disseram aos bombeiros que o aposentado fumava muito, o que leva a polícia a não descartar a hipótese de que uma ponta de cigarro tenha iniciado o fogo, que foi extinto depois de uma hora.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

07 de outubro de 2008 | 07h55

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioSão Paulomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.