Indaiatuba em SP tem 1º caso de latrocínio em 2009

O dono de uma padaria em Indaiatuba, há 112 quilômetros de São Paulo, foi morto com três tiros após reagir a um assalto na sexta-feira à noite. Segundo a Polícia Militar, esse é o primeiro caso de latrocínio, roubo seguido de morte, este ano no município.

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

11 Julho 2009 | 14h17

Ao sair do estabelecimento, no bairro Califórnia, Rafael Laurindo Guerra, de 26 anos, e o funcionário, Hugo Henrique de Carvalho, de 18 anos, foram surpreendidos por um assaltante. Guerra reagiu ao assalto, foi baleado no peito e no abdome e morreu. Carvalho levou um tiro no pescoço e está internado. Ele não corre risco de morrer. O assaltante fugiu a pé com um colar de ouro, um relógio e um celular das vítimas.

Mais conteúdo sobre:
Indaiatubalatrocínio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.