Índia adiará missão à Lua devido a eclipse

A Índia adiará em alguns meses suaprimeira missão à Lua, mas a sonda partirá em 2008, afirmouJitendranath Goswami, o cientista que dirige o projeto. Em entrevista à agência indiana PTI, Goswami, que tem sua baseno Laboratório para a Pesquisa Física de Ahmedabad, no Estado deGujarat, disse que a missão, não tripulada, será adiada porque emfevereiro de 2008 ocorrerá um eclipse. "A missão partirá após o eclipse, mas não há dúvidas de queocorrerá no início de 2008", assegurou. Este projeto tem como objetivo analisar as propriedades físicas equímicas da Lua, e a história de suas crateras. Alémdisso, a missão, que se chama Chandrayaan-1, tentará fazer um mapageológico da superfície do satélite. Segundo Goswami, "será a primeira missão para tentar detectar aemissão de raios de energia gama de baixa intensidade de umasuperfície planetária". Goswami lembrou que a Organização de Pesquisa Espacial da Índiaestá aberta à colaboração com países estrangeiros e que a navetransportará instrumentos da Nasa e da agência aeroespacial daBulgária. A Índia programou a missão Chandrayaan-2 para entre 2011 e 2012.Para Goswami, um dos objetivos do programa é "desenvolvertecnologias antes de enviar um homem à Lua".

Agencia Estado,

27 de setembro de 2006 | 14h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.