Índia reduz emissão de gases ligados ao efeito estufa

A Índia apresentou dados sobre suas emissões de gases de efeito estufa, que provocam o aquecimento global, referentes ao ano de 2007. O relatório mostra que, diferentemente do Brasil, os indianos não precisam se preocupar com as emissões do desmatamento, mas com a geração de energia e uso do carvão. E, segundo informações do Worldwatch Institute, o governo indiano afirmou que de 1994 a 2007 o país conseguiu reduzir a intensidade das emissões de sua economia em 30%. A Índia planeja reduzir sua intensidade de carbono em mais 20% a 25% entre 2005 e 2020.

Afra Balazina, com Agências, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2010 | 00h00

INVESTIGAÇÃO

Jornalistas ambientais enfrentam riscos

A ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) denunciou em um relatório o perigo enfrentado por jornalistas que investigam questões ambientais, especialmente casos de desmatamento, mineração e poluição industrial. A entidade citou problemas ocorridos em países como Argentina, El Salvador, China, Vietnã e Índia. Na Argentina, profissionais foram ameaçados por causa de uma mineração em Andalgala, na província de Catamarca.

ATOR ENGAJADO

Robert Redford quer alternativa ao petróleo

O ator e ambientalista Robert Redford considera que o grave acidente ocorrido com uma plataforma no Golfo do México (mais informações nesta página) deve servir de lição para os americanos se afastarem da dependência do petróleo e buscarem fontes alternativas de energia, como eólica e solar. Ele lamentou o vazamento de petróleo e condenou os esforços de grandes empresas do setor energético em promover suas credenciais ambientais e usar dinheiro para influenciar "seus papagaios no Congresso". Sua opinião pode ser conferida em um vídeo de cinco minutos produzido pelo Conselho de Defesa dos Recursos Naturais (NRDC, na sigla em inglês).

O filme, que se chama The Fix, pode ser visto no site YouTube. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.