Indonésia confirma morte de criança por gripe aviária

Uma criança indonésia que morreu na última terça-feira portava o temido vírus H5N1 da gripe aviária, segundo resultado de análise feita em um laboratório local e anunciado neste sábado.As autoridades indonésias já enviaram amostras do corpo do menor a um centro especializado em Hong Kong, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), para que um novo exame seja realizado.Caso seja confirmado o conteúdo do anúncio feito à imprensa pelo diretor de epizootia do Ministério da Saúde da Indonésia, Hariadi Wobosono, este caso elevaria para 21 o número de pessoas mortas no país asiático devido à gripe aviária.O jovem Wahyu Kurniawan morreu em um hospital da cidade javanesa de Semarang, cerca de 400 quilômetros ao leste de Jacarta, e há muitas evidências de que esteve em contato direto com aves.A gripe aviária é transmitida por meio do contato direto com um animal infectado, segundo a OMS.Não ficou provado até o momento que este vírus de origem animal tenha, por meio de mutação ou combinação com outro organismo, capacidade de ser transmitido entre seres humanos.Os últimos dados da OMS sobre a epidemia registram 94 mortos em sete nações: Vietnã (42), Indonésia (20, sem contar a da criança), Tailândia (14), China (8), Camboja (4), Turquia (4) e Iraque (2).

Agencia Estado,

04 de março de 2006 | 01h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.