Inflação pelo IGP-M acelera menos que o esperado, a 0,10%

A inflação pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) acelerou ligeiramente e menos que o esperado em novembro.

REUTERS

27 de novembro de 2009 | 08h24

O indicador teve alta de 0,10 por cento em novembro, ante variação positiva de 0,05 por cento em outubro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta sexta-feira.

Analistas consultados pela Reuters previam alta de 0,17 por cento, segundo a mediana de 25 estimativas, que variaram de estabilidade a alta de 0,20 por cento.

Entre os componentes do IGP-M, o Índice de Preços por Atacado (IPA) teve elevação de 0,08 por cento em novembro após subir 0,04 por cento em outubro.

O IPA agrícola teve alta de 0,74 por cento, ante queda anterior de 0,92 por cento. O IPA industrial declinou 0,14 por cento, seguindo o avanço de 0,35 por cento no mês passado.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,14 por cento neste mês, ante variação positiva de 0,03 por cento no anterior.

A aceleração deveu-se sobretudo à diminuição do recuo do grupo Alimentação, para 0,11 por cento em novembro, ante 1,08 por cento em outubro.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,18 por cento em novembro, contra elevação de 0,13 por cento em outubro.

No ano, o IGP-M acumula queda de 1,46 por cento e nos últimos 12 meses, recuo de 1,59 por cento.

(Por Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
INFLACAOIGPM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.