Infraero: 1,3% dos voos domésticos saiu com atraso até o fim da manhã

Os aeroportos do País administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) operaram com poucos atrasos até o fim da manhã deste domingo. Segundo o boletim mais recente divulgado pela companhia vinculada à Secretaria de Aviação Civil, apenas seis (1,3%) dos 470 voos domésticos programados apresentaram atrasos da zero hora às 11 horas de hoje. No caso dos voos internacionais, nenhum dos 20 programados teve atraso.

FLAVIO LEONEL, Estadão Conteúdo

19 Abril 2015 | 13h04

Em relação aos cancelamentos, foram 75 (16%) entre os voos domésticos e dois (10%) entre as partidas para fora do Brasil. O levantamento exclui o aeroporto de Guarulhos, que não é mais administrado pela Infraero e que conta com um boletim próprio sobre a situação dos voos.

No Aeroporto de Congonhas, na zonal sul de São Paulo, nenhum dos 40 voos domésticos programados contou com atraso. Oito voos deste total (20%) foram cancelados. No Rio de Janeiro, no Aeroporto Santos Dumont, também não houve voos atrasados no período. Do total de 24 programados, quatro (16,7%) foram cancelados.

Também na capital fluminense, o Aeroporto Tom Jobim não teve voos domésticos atrasados ou cancelados do total de 34 programados. Situação idêntica foi vista entre os voos internacionais, de um total de sete programados.

Em Brasília, o Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek, contou apenas com um voo (1,6%) dos 61 voos domésticos programados em atraso. Deste total, oito (13,1%) foram cancelados. Quanto aos voos internacionais, não houve atrasos tampouco cancelamentos, entre os três programados.

Mais conteúdo sobre:
aeroportosInfraero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.