Infraero defende que se esclareçam eventuais erros

O atual presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza, informou por meio de sua Assessoria de Imprensa que "aguarda ser notificado sobre o resultado das investigações e tem todo o interesse em esclarecer eventuais irregularidades cometidas por servidores no passado".

, O Estadao de S.Paulo

16 Dezembro 2009 | 00h00

A Planorcon foi procurada às 17h18. Uma funcionária informou que o expediente estava encerrado e nenhum representante poderia ser localizado para se manifestar sobre as acusações. O Estado procurou a OAS, líder do consórcio, em sua sede, em Salvador (BA), e no escritório de São Paulo, mas não obteve resposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.