Infraero deve concluir 85% a 90% da meta de investimento de 2012

A estatal federal que administra alguns dos principais aeroportos brasileiros, a Infraero, deve realizar entre 85 e 90 por cento dos investimentos previstos para este ano, acima dos 75 por cento concluídos no ano passado.

Reuters

06 de agosto de 2012 | 12h42

Segundo o diretor de infraestrutura da empresa, Jaime Henrique Parreira, a meta para este ano é investir 1,75 bilhão de reais nos aeroportos, sendo que grande parte dos investimentos serão destinados ao Galeão (RJ) e Confins (MG), justamente os dois aeroportos que podem entrar no próximo leilão de concessões à iniciativa privada.

"Não há nada decidido sobre futuras concessões... Não há porque a Infraero parar. (Os investimentos) Em Confins são por uma demanda extraordinária, e no Galeão por um processo que está sendo revitalizado", afirmou Parreira a jornalistas nesta segunda-feira em evento do setor aeroportuário.

No Galeão, a partir de 20 de agosto terão início obras de melhoria nos sistemas elétrico e hidráulico além da melhoria em elevadores e escadas rolantes. Além disso, a Infraero está investindo em melhorias no terminal 2 de passageiros e no sistema de pistas, que após concluído, deve estar apto para receber voos regulares do A380, da Airbus, o maior avião do mundo.

Já em Confins, os investimentos são na expansão do terminal de passageiros e na expansão dos sistemas de pátio e pista.

"Tal qual vinha sendo feito para Guarulhos, Brasília e Viracopos, ele (investimento) foi interrompido e passou para as concessionárias... Não há porque a Infraero paralisar", disse Parreira.

Para 2013, os investimentos previstos estão giram em torno de 2 bilhões e 2,5 bilhões de reais.

(Por Carolina Marcondes)

Mais conteúdo sobre:
AEREASINFRAEROINVESTIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.