Infraero registra atrasos em 14,3% dos vôos do País

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) aponta que 234 vôos sofreram atrasos superiores a uma hora (14,3%) e 187 foram cancelados (11,4%) nos aeroportos do País até as 20 horas, de um total de 1.639 operações programadas. De acordo com a estatal, o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, contabilizou o maior número de cancelamentos: 56 vôos, ou 23,7% dos 236 vôos programados. Outros 43 vôos atrasaram (18,2%). O Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, registrou atrasos superiores a uma hora em 13 das 184 operações previstas (7,1%). Outras 15 operações foram suspensas (8,2%). O Aeroporto de Brasília, no Distrito Federal, registrou atrasos superiores a uma hora em 17 dos 123 vôos previstos (13,8%). Outros 15 vôos foram cancelados (12,2%). Já no Aeroporto do Tom Jobim - Galeão, no Rio, dos 149 vôos programados, 18 sofreram atrasos superiores a uma hora (12,1%) e 19 foram cancelados (12,8%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.