Infraero registra atrasos em 25,9% dos vôos no País

De acordo com o boletim da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), dos 1.431 vôos programados até 19 horas nos aeroportos do País, 371 saíram com atrasos superiores a 30 minutos, equivalente a 25,9% do total de operações. Outras 88 decolagens foram canceladas (6,1%).O maior percentual de atrasos no País foi verificado no Aeroporto Tancredo Neves, em Confins, região metropolitana de Belo Horizonte. Num dia de garoa quase ininterrupta, as operações foram prejudicadas e provocou atrasos em 42,7% das decolagens - 32, das 75 agendadas. Outras dez foram canceladas (13,3%).No Aeroporto do Galeão, no Rio, 48 de 123 vôos previstos sofreram atrasos (39%). Nenhuma operação foi suspensa no terminal. Em Brasília, com 31 vôos atrasados de 108 agendados o índice é de 28,7%. Três foram cancelados (2,8%).O Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, contabilizava atrasos em 45 das 204 operações programadas (22,1%). Nove vôos foram suspensos (4,4%). Já no Aeroporto de Congonhas, a Infraero registrou atrasos em 29 das 158 operações previstos (18,4%) e outras 15 operações foram suspensas (9,5%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.