Inpe 'aposenta' o satélite CBERS-2B

ESPAÇO

, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2010 | 00h00

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) anunciou ontem o encerramento das operações do satélite CBERS-2B, construído e operado em parceria com a China. Lançado em setembro de 2007, o CBERS-2B era usado como instrumento secundário no monitoramento da Amazônia (acima, imagem feita por ele). Sua vida útil prevista era de dois anos. Seu substituto, o CBERS-3, deve ser lançado só no segundo semestre de 2011. Até lá, o Brasil ficará sem satélite próprio e terá só os instrumentos estrangeiros para monitorar a floresta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.