Inquérito sobre morte vai ao MP

ARAÇATUBA (SP)

, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2011 | 00h00

A Polícia Civil de São José do Rio Preto encaminhou ontem ao Ministério Público a conclusão do inquérito que indiciou quatro pessoas pela morte da universitária Luana Neves Ribeiro, de 21 anos. Ela morreu no dia 4, no Hospital de Base, quando passava por procedimentos para doar medula óssea a uma criança com leucemia. As hematologistas Flávia Leite de Souza e Érika Rodrigues Pontes foram indiciadas por homicídio culposo; a enfermeira Ana Carolina Costa Roma e a auxiliar Mirela dos Santos Mesquita Pimenta foram indiciadas por omissão de socorro. / CHICO SIQUEIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.