Inspeção começa a ser feita até 23h30

Teste ocorre na Barra Funda e poderá ser estendido; com novo posto, passa a haver 18 locais para exames

Marcela Spinosa, O Estadao de S.Paulo

09 de março de 2010 | 00h00

A Controlar, responsável pela realização da inspeção veicular obrigatória em São Paulo, ampliou em caráter experimental o horário de funcionamento do Centro de Inspeção Veicular Ambiental (Civa) da Barra Funda, zona oeste da capital paulista. Para oferecer alternativas para o atendimento à população, o posto abrirá, até dia 19, das 7 horas às 23h30. Anteriormente, só era possível agendar horários até as 19 horas. Desde ontem, os motoristas ainda contam com mais um ponto para fazer o teste na região: o Civa Raposo Tavares, na Rua Joaquim Lapas Veiga, 3.389.

Com a ampliação do horário do Civa da Barra Funda, o número de inspeções realizadas aumentará em 29,16%. No horário regular, eram feitas 1.728 vistorias por dia. Agora, serão 2.232. Se a experiência der certo, o novo horário deverá ser adotado em caráter permanente. Após o período de teste (19 de março), os pedidos de vagas noturnas serão avaliados.

O Civa da Raposo funcionará de segunda-feira a sábado, das 7 às 19 horas, e terá capacidade para realizar 21.600 inspeções diárias. Com o novo posto, subiu para 18 o número de centros de inspeção que atendem os motoristas nos mesmos dias e horários do posto da zona oeste. No total, as unidades têm capacidade para realizar 500.400 vistorias por mês.

Entre agosto e dezembro, 241 motoristas foram multados em R$ 550 pela Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente por trafegarem sem ter feito a inspeção veicular ambiental. Segundo dados de fevereiro, outros 341 mil condutores estão com o licenciamento bloqueado por não terem feito a inspeção referente a 2009 e também podem ser autuados, além de correrem o risco de ter o veículo apreendido. Em 2009, a pasta estima que 82% da frota-alvo paulistana, de 1,9 milhão, fez a vistoria.

Mês passado começou a inspeção deste ano, obrigatória para toda frota. Os veículos com placas de final 1 têm até 30 de abril para fazer o teste. No fim de fevereiro, 45.688 dos 364.439 carros nesse perfil fizeram a vistoria. E já começou o agendamento para os veículos com placas de final 2. Os motoristas têm até 31 de maio para a análise.

O valor do teste é de R$ 56,44 e este ano, ao contrário do que ocorreu no ano passado, não existe possibilidade de reembolso. O agendamento da inspeção é feito pelo site www.controlar.com.br, onde também se pode conferir o cronograma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.