Instituto fornece equipamentos cirúrgicos

Para receber o mutirão de cirurgias ortopédicas, o Estado precisa firmar um convênio com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2012 | 03h07

Se necessário, o instituto cede equipamentos como mesa cirúrgica e bisturi elétrico. Uma equipe local faz a triagem dos pacientes cadastrados na Central Nacional de Regulação da Alta Complexidade, e os exames são encaminhados para o Into. Duas semanas antes das cirurgias, médicos do instituto vistoriam o hospital, para avaliar as condições da instituição. "No Amapá havia equipamentos de precisão, mas a porta da sala cirúrgica tinha caído. Tivemos de mandar instalar outra", afirma o gerente do Suporte, o anestesista José Luiz Ramalho.

Alguns Estados zeraram a fila de espera por cirurgia ortopédica. É o caso do Acre. "Antes, a única opção era enviar os pacientes para o Rio, mas tem gente que não pode se sentar", diz Edná Monteiro, coordenadora de Tratamento Fora do Domicílio. / C.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.