Instituto revê nº de mortos em Santa Maria para 234

O Instituto Geral de Perícias revisou para 234 o número de mortos no incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), na madrugada de domingo (27). O número oficial divulgado até o momento era de 231 vítimas. O erro de cálculo foi atribuído ao registro dos nomes dos mortos em papel, o que acabou deixando de fora da listagem oficial três nomes de vítimas que foram identificadas.

TÁSSIA KASTNER, Agência Estado

29 de janeiro de 2013 | 16h44

"Nós não tínhamos computador, cabo, nada. Tudo foi feito manualmente. Nós contamos 234 corpos e fizemos a identificação de todos, mas em algum momento do processo esses três nomes não entraram na lista oficial", explicou a chefe da Regional de Santa Maria do Instituto Geral de Perícias (IGP) do Rio Grande do Sul, Maria Ângela Zucchetto.

A estrutura de reconhecimento das vítimas foi montada às pressas no Centro Desportivo Municipal da cidade. Segundo o IGP, mesmo sem a inclusão na lista, os corpos das vítimas foram entregues às famílias.

Os nomes que ficaram de fora da contagem ainda não foram divulgados. A lista do IGP foi encaminhada para Porto Alegre, onde uma perita irá comparar com a lista oficial de 231 nomes para identificar quem está faltando e investigar porque esses três ficaram fora da contagem. As informações são da Agência Brasil.

Mais conteúdo sobre:
Santa Mariarevisãomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.