Inter x Fiorentina: equilíbrio

No Italiano e na Copa dos Campeões, situações distintas

, O Estadao de S.Paulo

28 de novembro de 2009 | 00h00

Geralmente em um jogo é fácil apontar quem é o Davi e quem é o Golias, mas não no confronto entre Internazionale e Fiorentina, hoje, no San Siro. Na Copa dos Campeões, o time de Milão está com a classificação para a próxima fase ameaçada após a derrota para o Barcelona (2 a 0) na Catalunha, enquanto a equipe de Florença garantiu vaga para as oitavas de final com uma vitória sobre o Lyon (1 a 0).

No Campeonato Italiano, no entanto, a situação é diferente. A Inter é líder da competição, com 32 pontos, enquanto a Fiorentina tem apenas 21 e está em posição intermediária. A derrota para os catalães por 2 a 0 surpreendeu até o presidente da Inter, Massimo Moratti. "Ficamos em Milão. Não entramos em campo. Foi uma partida terrível." A ordem do dirigente agora é esquecer o tropeço.

A missão não deve ser das mais fáceis, já que o adversário vem embalado. O astro do time é o volante peruano Juan Manuel Vargas, autor do gol contra o time francês. O jogador não só é um bom defensor como também ataca com perigo.

Vice-líder com 27 pontos, a Juventus joga fora de casa contra o Cagliari, que tem 19. Com 25 pontos, na terceira posição da tabela, o Milan visita o Catania e o técnico Leonardo tem problemas. O volante Gattuso se queixou da reserva e ameaça deixar o clube.

A 14ª rodada foi aberta ontem com o clássico da cidade de Gênova: o Genoa bateu a Sampdoria por 3 a 0, com gols de Milanetto (pênati), Rossi e Palladino (pênalti). Na outra partida de ontem, Udinese 2 x 0 Livorno. Outros jogos, hoje: Atalanta x Roma, Bari x Siena, Chievo x Palermo, Lazio x Bologna e Parma x Napoli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.