Internado, mergulhador atingido por arpão está lúcido

A Secretaria da Saúde do Rio de Janeiro informou na manhã de hoje que o mergulhador Emerson de Oliveira Abreu, de 36 anos, que foi operado após ser atingido na cabeça pelo próprio arpão na Baía de Guanabara, continua lúcido, tem reflexos normais e passa bem. Segundo a secretaria, seu estado de saúde é estável e não há risco de morte. Contudo, não há previsão de alta e ele deve permanecer internado na enfermaria do Hospital Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, por alguns dias.

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

30 de março de 2009 | 11h51

O acidente aconteceu no final da manhã de sábado, quando Emerson praticava pesca esportiva perto da Ilha do Governador, na zona norte. Emerson se feriu depois de disparar o artefato, que bateu numa pedra e voltou contra sua cabeça. Um amigo que o acompanhava de um barco viu quando ele se feriu embaixo d''água e pediu socorro. Bombeiros do Grupamento de Socorro de Emergência (GSE) prestaram os primeiros socorros e levaram o mergulhador para o Hospital de Saracuruna.

Mais conteúdo sobre:
acidentearpãoRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.