Intesa Sanpaolo pede para deixar acordo de investidores da Telecom Italia

O Intesa Sanpaolo exerceu seu direito de sair da Telco, grupo de investidores que controla o grupo italiano de telefonia Telecom Italia, disse o banco nesta segunda-feira.

REUTERS

16 Junho 2014 | 12h43

Em comunicado, o Intesa Sanpaolo disse que o ganho de capital não realizado sobre sua fatia na Telecom Italia foi de 35 milhões de euros antes de impostos. O banco já deu baixa contábil no valor de seu investimento no grupo de telecomunicações.

Após a separação dos acionistas do pacto da Telco, que depende da obtenção de aprovações regulatórias, o Intesa Sanpaolo disse que deterá uma participação direta de 1,6 por cento na Telecom Italia.

Mais conteúdo sobre:
TELECOMINTESASANPTELCOSAIDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.