Intoxicação mata um e nove são internados em SP

Dez funcionários de um supermercado localizado no Jardim Sinhá, na zona leste de São Paulo, foram internados na quinta-feira num hospital público da região com sintomas de intoxicação alimentar. Um desses funcionários, uma mulher de 24 anos, morreu no dia seguinte. Todos eles passaram mal logo depois de almoçar no local de trabalho. A operadora de caixa do supermercado Vanessa Marchesoni morreu. Vanessa chegou ao Hospital Municipal Dr. Benedito Montenegro com febre alta, vômitos e diarréia. O atestado de óbito traz como causa da morte, de acordo com familiares dela, uma hemorragia digestiva alta. Estão internados no hospital, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, dois homens e sete mulheres. Não há previsão de alta. Nenhum deles, porém, corre risco de morrer.Parentes e familiares de Vanessa foram surpreendidos ontem à tarde quando o velório, no Cemitério da Vila Formosa, foi subitamente interrompido pela polícia. A pedido da Vigilância Sanitária, o corpo da operadora de caixa foi levado pela segunda vez ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização de exames mais detalhados. Fiscais da Vigilância Sanitária do município fizeram uma vistoria ontem no supermercado e determinaram a imediata interdição do local. Foram encontradas irregularidades no setor de armazenamento, faltavam documentos e os funcionários não tinham a devida capacitação técnica - problemas que, à primeira vista, não têm ligação direta com o caso dos funcionários que passaram mal. O supermercado, que é recém-inaugurado, terá de resolver todos esses problemas para poder voltar a funcionar.A causa das intoxicações só deverá ser conhecida em, no máximo, 15 dias. Um inquérito já está sendo realizado pelas autoridades sanitárias do município e do Estado. A polícia também investiga o caso. Serão ouvidos médicos do hospital, outros funcionários do supermercado e as próprias vítimas. Os novos exames no corpo de Vanessa serão decisivos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

AE, Agencia Estado

09 de setembro de 2007 | 09h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.