Investigação da TAM ocorre em prazo razoável, diz Jobim

No dia em que o pior acidente aéreo do País completou um ano, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse que as investigações sobre as causas e as responsabilidades são feitas "em prazos razoáveis" e que não há como apressar a conclusão dos trabalhos. "Espero encerrar em um prazo razoável. Não podemos sacrificar o conteúdo da investigação, das análises técnicas que devem ser feitas por causa da rapidez", afirmou Jobim, ao deixar a sede do ministério.O ministro reiterou a solidariedade às famílias das vítimas e considerou cumprida a promessa de trabalhar para aumentar a segurança dos vôos e dos aeroportos. Jobim afirmou que "o controle de vôo está em ótimas condições" no País, mas anunciou que o governo vai contratar uma empresa internacional para "fazer verificação completa do sistema de controle do Brasil".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.