Investigadores são baleados por assaltantes em SP

Membros do Garra, policiais passaram por cirurgia e estão internados em estado grave

Ricardo Valota, estadao.com.br

18 Novembro 2008 | 07h16

Os investigadores Zenóbio Viana de Barros e Ricardo Zang, pertencentes ao Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), foram baleados na tarde desta segunda, 17, durante uma troca de tiros com dois assaltantes na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Os policiais passavam com a viatura quando foram informados por uma testemunha sobre dois homens em uma moto que assaltavam uma banca de jornal a poucos metros do local. Imediatamente, os investigadores seguiram até a banca e abordaram os dois motoqueiros.A dona da banca, Sandra Regina Colin, de 49 anos, testemunhou o tiroteio, mas saiu ilesa. Já os policiais foram baleados e seguem internados em estado grave no hospital municipal, onde já passaram por cirurgia. Os criminosos fugiram sem levar nada. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de São Bernardo.

Mais conteúdo sobre:
violênciapoliciaisbaleados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.