Investimento em TI no Brasil deve crescer 9,5% em 2008

Volume de gastos com Tecnologia da Informação neste ano no País vão se igualar com investimentos na Espanha

Reuters,

06 Junho 2008 | 17h25

Os investimentos em Tecnologia da Informação no Brasil em 2008 devem crescer cerca de 9,5% sobre o ano passado, chegando a US$ 23 bilhões, afirmou nesta sexta-feira, 6, uma empresa de pesquisa de mercado.   Segundo a pesquisa da IDC, o volume de gastos em TI no Brasil este ano ficará no mesmo patamar dos cerca de US$ 24 bilhões a serem injetados pela Espanha em 2008.   Entre os países emergentes que integram o chamado grupo de nações BRIC, o Brasil só fica atrás da China (US$ 64 bilhões) nos investimentos em tecnologia, de acordo com o levantamento.   A região Sudeste do País segue sendo responsável pela maior parte dos investimentos em TI, gerando praticamente metade do total, com 10,3 bilhões de dólares, resultado também estimado para o que será investido por toda a África do Sul em 2008.   A região Nordeste, embora não figure entre as três regiões brasileiras que mais aplicam em tecnologia, é apontada pelo levantamento como destaque.   "As aquisições de tecnologia pelas empresas dessa região estão aceleradas, em ritmo maior que o verificado pelos demais territórios", informou a IDC, que opera em 90 países, em comunicado à imprensa.   Segundo a empresa, do total previsto de investimentos em TI no Brasil este ano, caberá ao Nordeste a parcela de 11%.   "Para se ter uma idéia da evolução deste mercado, países como as Filipinas, por exemplo, estão no mesmo nível de aportes que a região nordestina", afirma Reinaldo Sakis, analista sênior da IDC, responsável pelo estudo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.