Investimentos previstos superam renda da produção

Na edição de 2011 do plano de ação para o manejo florestal comunitário, um documento ainda inédito, o governo estima investimentos de R$ 32,7 milhões só no bioma Amazônia.

Marta Salomon, O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2011 | 00h00

O valor do plano, que aguarda assinatura da presidente Dilma Rousseff, é superior à renda obtida pela produção extrativista durante um ano. A comparação foi feita com base em estudo do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

Um primeiro exercício para medir o valor da produção extrativa florestal do País apontou uma renda de R$ 3,9 milhões por ano, com a venda de 58,5 milhões de m3³de madeira, 121 mil toneladas de açaí, 31 mil toneladas de castanha do Brasil, 3,6 mil toneladas de látex e 514 toneladas de óleo de copaíba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.