IPC-S acelera alta para 1,03% na 3a quadrissemana de janeiro--FGV

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou para uma alta de 1,03 por cento na terceira quadrissemana de janeiro, depois de avançar 0,89 por cento no período anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

Reuters

23 de janeiro de 2013 | 08h55

Cinco dos oito grupos que compõem o indicador aceleraram a alta de preços na terceira quadrissemana de janeiro: Alimentação (1,78 por cento para 2,08 por cento), Educação, Leitura e Recreação (2,09 por cento para 2,80 por cento), Habitação (0,32 por cento para 0,42 por cento), Despesas Diversas (3,24 por cento para 3,82 por cento) e Vestuário (0,13 por cento para 0,17 por cento).

Nestas classes de despesa destacaram-se, respectivamente, os comportamentos de hortaliças e legumes (11,20 por cento para 16,81 por cento), cursos formais (4,07 por cento para 5,87 por cento), empregada doméstica mensalista (0,62 por cento para 1,80 por cento), cigarros (7,22 por cento para 8,35 por cento) e calçados (0,33 por cento para 0,48 por cento).

Por sua vez, registraram decréscimo nas taxas de variação os grupos Transportes (0,30 por cento para 0,20 por cento) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,56 por cento para 0,47 por cento). Já o grupo Comunicação repetiu a taxa de variação registrada na última apuração, de 0,02 por cento.

Os preços no atacado voltaram a mostrar desaceleração no início deste ano, de acordo com o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), depois de retomarem a trajetória de alta no final de 2012.

Na segunda prévia de janeiro, o IGP-M registrou alta de 0,34 por cento, ante avanço de 0,69 por cento no mesmo período de dezembro, com destaque para a queda dos preços das matérias-primas brutas.

(Por Camila Moreira; Edição de Tiago Pariz)

Mais conteúdo sobre:
MACROIPCS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.