Iphan corrigirá falhas no gradil dos Arcos da Lapa

As falhas no gradil de proteção dos Arcos da Lapa, no Centro do Rio, por onde caiu, na sexta-feira, o turista francês Charles Damien Pierson, de 24 anos, serão corrigidas a partir desta semana. De acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a recuperação das telas faz parte da segunda etapa das obras de reforma dos Arcos.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

25 Junho 2011 | 13h27

Entretanto, o superintendente do IPHAN no Rio, Carlos Fernando Andrade, reforçou que, apesar da restauração dos Arcos ficar a cargo do Instituto, a manutenção do gradil é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Transportes. O turista francês, que viajava em pé no bondinho que liga o Centro ao Bairro Santa Teresa e teria se desequilibrado, caiu por um vão nas telas, a 17,6 metros de altura.

O consulado da França no Rio, que acompanha o caso, informou que a família do turista já foi comunicada do acidente, mas não há uma previsão para que o corpo de Charles, que está no Instituto Médico Legal (IML), seja levado ao país. O caso está sendo investigado pela 5ª DP (Mem de Sá).

Mais conteúdo sobre:
acidente Rio bondinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.