IPVA para placa final 1 vence amanhã em SP

Os proprietários de veículos devem preparar o bolso. Amanhã vence o prazo para o pagamento do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para os carros com placa de final 1. Na quinta-feira, termina o prazo para o recolhimento dos veículos com placa final 2 e assim sucessivamente até o dia 20, quando vence o pagamento para os de final 0. Os contribuintes também podem começar a pagar neste mês, fevereiro ou março o licenciamento do veículo, independentemente do escalonamento pelo número final de placa. O licenciamento, que teve reajuste de 340%, poderá ser feito no momento do pagamento à vista ou na quitação da última parcela do IPVA. Quem preferir pagar o imposto à vista terá desconto de 3,5%, no caso dos veículos usados. Os carros zero quilômetro terão desconto de 3%, se o IPVA for pago no prazo de 5 dias contados a partir da data de emissão da nota fiscal. O economista Marcos Silvestre, coordenador do Centro de Finanças Pessoais e Negócios, recomenda aos proprietários que, se tiverem dinheiro disponível ou puderem retirá-lo de alguma aplicação, quitem o imposto neste mês com desconto. Os contribuintes também podem pagar à vista, sem desconto, em fevereiro. Ou optar por quitar em três parcelas: janeiro, fevereiro e março. No mês que vem, os vencimentos começam no dia 9 e terminam no dia 20; e, em março, a partir do dia 9 até o dia 22. A Secretaria de Estado da Fazenda alerta que o contribuinte não pode esquecer o dia do vencimento. É que, além de ter de pagar 20% de multa sobre o valor do imposto mais os juros pela variação da taxa Selic, o proprietário perde o direito de parcelamento. As tabelas, de valores venais e do IPVA, estão disponíveis no site da Fazenda. Licenciamento sobe para R$ 42,47Os donos de carros também precisam começar a se preocupar com o licenciamento, que poderá ser feito na hora do pagamento à vista ou na quitação da última parcela do IPVA. Segundo a Secretaria da Fazenda, o valor da taxa passou de 1,1 (R$ 12,49) Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesp), para 3,4 Ufesps (R$ 42,47), conforme foi aprovado pela Assembléia Legislativa em dezembro. No aviso de vencimento a taxa que aparece é de R$ 12,49, reajustada no momento do pagamento. A secretaria alega que o valor estava defasado e não era reajustado havia oito anos. O aumento, segundo o governo, possibilitará a atualização dos sistemas tecnológicos de arrecadação do IPVA e do licenciamento. Segundo a secretaria, mesmo com a atualização do valor, São Paulo, com frota estimada de 11 milhões de veículos, a maior do País, tem taxas menores que as de outros Estados. Os proprietários de veículos com problemas cadastrais ou novos deverão recolher o IPVA por meio de guia emitida via internet, no site da Secretaria da Fazenda, nas unidades do Poupatempo ou nos Postos Fiscais da secretaria. ProtestoA Associação dos Despachantes de Sorocaba e Região vai protestar contra o índice de reajuste do licenciamento. O vereador Arnaldo Andrade (PFL), de Iperó, protocolou na Câmara pedido de informações ao governo do Estado sobre os critérios usados. "O governo não aumenta os salários dos servidores há seis anos mas autoriza um reajuste desses numa taxa", disse.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2004 | 08h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.