Michal Cizek/AFP
Michal Cizek/AFP

Irã faz 'jogo de xadrez' para guardar programa nuclear, diz Israel

Primeiro-ministro israelense disse que 'seria melhor ver questão resolvida diplomaticamente'

ROBERT MULLER, REUTERS

18 Maio 2012 | 09h36

PRAGA - O Irã deve provavelmente usar as negociações planejadas com as potências mundiais na semana que vem para ganhar mais tempo para avançar com seu polêmico programa nuclear, e é "muito bom em jogar este tipo de jogo de xadrez", afirmou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, nesta sexta-feira, 18.

Veja também:

link EUA já têm um plano pronto para atacar o Irã

link Em Cannes, diretor egípcio diz que não quer seu filme em Israel

Israel sente-se ameaçado pela possibilidade de o arquiinimigo Irã obter armas nucleares, e está convencido de que o governo iraniano está procurando meios de produzir bombas atômicas em vez de apenas gerar energia -como alega a República Islâmica- e tem discutido ações militares preventivas contra o Irã caso a diplomacia venha a falhar.

"Obviamente, seria melhor ver esta questão resolvida diplomaticamente", disse Netanyahu do lado de fora do Castelo de Praga, durante visita oficial à capital da República Tcheca, em seu primeiro comentário direto sobre a reunião em Bagdá que se aproxima.

Netanyahu disse que o Irã pode estar usando as negociações como um jogo, em que concorda com alguma coisa, mas não a implementa, ou concorda com implementar algo que não tiraria o seu programa dos trilhos.

"Parece que eles veem as conversas como outra oportunidade para atrasar e enganar e ganhar tempo, do mesmo jeito que a Coreia do Norte fez por muitos anos", disse. "O Irã é muito bom em jogar este tipo de jogo de xadrez, e sabe, algumas vezes você tem que sacrificar um peão para salvar o rei".

Os Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia, China e Alemanha têm utilizado uma variedade de sanções e negociações para tentar persuadir o Irã a conter o enriquecimento de urânio, que pode produzir combustível para reatores e isótopos médicos ou, em altos níveis de purificação, material físsil para ogivas nucleares.

Netanyahu pediu novamente que o Irã congele todas as atividades de enriquecimento nuclear, remova todo o material enriquecido e desative uma instalação subterrânea próxima à cidade sagrada xiita de Qom.

Mais conteúdo sobre:
ISRAEL NETANYAHU IRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.