Irã já opera com 3 mil centrífugas nucleares, diz presidente

Número é ''meta fundamental'' para programa nuclear do país, segundo Ahmadinejad.

BBC Brasil, BBC

03 de setembro de 2007 | 13h03

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad anunciou neste domingo que o país atingiu uma meta fundamental em seu programa nuclear e que agora tem 3 mil centrífugas realizando o enriquecimento de urânio."A cada semana um novo conjunto de centrífugas é instalado", declarou ele, segundo agências de notícias iranianas.O líder iraniano disse ainda que o país vai continuar com suas atividades nucleares, apesar de resoluções adotadas pelo Conselho de Segurança da ONU."As potências mundiais achavam que, a cada resolução, a nação iraniana iria se render. Mas não: a cada resolução, a nação iraniana apresentou mais uma conquista nuclear", afirmou.A instalação de 3 mil centrífugas é vista pelo Irã como uma meta de médio prazo para seu programa nuclear. O país esperava ter chegado a este número em março passado.Ainda não houve verificação independente sobre a informação.Mas especialistas da ONU dizem que se ela for confirmada, isso significaria uma produção industrial que chegou a um ponto sem volta.As centrífugas são usadas para enriquecer urânio a um nível necessário para fazer funcionar uma usina nuclear, mas também poderiam suprir a quantidade empregada na produção de bombas.Nações ocidentais acusam o Irã de planejar o desenvolvimento de armas nucleares, o que o país nega.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.