Irmã Dulce será beatificada em maio

A Arquidiocese de Salvador confirmou a data para a realização da cerimônia de beatificação de Irmã Dulce. A missa que tornará oficialmente a freira beata será celebrada em 22 de maio, dia do aniversário de nascimento de Irmã Dulce e data dedicada à Santa Rita de Cássia, que deu nome à baiana. O local escolhido é o Parque de Exposição, em Salvador.

Eliana Lima, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2010 | 00h00

Para coordenar o evento, o cardeal arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, d. Geraldo Majella Agnelo, designou o padre Manoel Filho. O padre também esteve à frente do evento que beatificou Irmã Lindalva, em 2007.

A expectativa da superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce, Maria Rita Pontes, é de que cerca de 50 mil pessoas assistam à cerimônia.

O decreto que formalizou a condição de beata de Irmã Dulce foi assinado pelo papa Bento XVI em 10 de dezembro. A religiosa se tornará a primeira beata baiana, ficando a um passo da canonização, quando um beato passa a ser considerado santo. Para isso, será necessária a comprovação de mais dois milagres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.