Irmã e noivo de supervisora achada morta depõem em SP

A irmã da supervisora de vendas Vanessa Duarte, de 25 anos, encontrada morta no último fim de semana em Vargem Grande Paulista, na região metropolitana de São Paulo, compareceu à delegacia de Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, para depor. Junto com Valéria estavam o noivo de Vanessa, Luiz Vanderlei de Oliveira, de 25 anos, e o policial militar Alecsandro Batista de Amorim, de 35 anos. Eles permaneceram na delegacia por cerca de quatro horas e saíram pouco depois das 14 horas sem falar com a imprensa.

ELVIS PEREIRA, Agência Estado

16 de fevereiro de 2011 | 14h46

Em seguida, outra testemunha, uma mulher cuja identidade não foi revelada, chegou para depor. O veículo usado por Vanessa no dia do crime se encontrava na delegacia. O carro deverá ser periciado ainda hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeassassinatosupervisoraSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.