Divulgação
Divulgação

Irmão de Zico, perseguido pela ditadura, é homenageado no Ceará

Nando foi professor e perseguido por usar o método Paulo Freire, considerado subversivo

estadão.com.br

22 Junho 2011 | 16h18

SÃO PAULO - A Assembleia Legislativa do Ceará homenageou na noite desta terça-feira, com a entrega do Título de Cidadão Cearense, o professor e ex-jogador de futebol Fernando Antunes Coimbra, o Nando, irmão do craque Zico.

Nando foi perseguido pelos militares por ter sido professor do Plano Nacional de Alfabetização, que utilizava o método Paulo Freire, considerado subversivo após o golpe militar.

Nando agradeceu a homenagem e observou que hoje as pessoas estão tendo oportunidades de falar. "Os jovens que hoje veem uma democracia firme precisam entender o que aconteceu.".

Nando lamentou que o suposto crime cometido por ele tenha sido o fato de ser professor, e registrou sua satisfação em ser homenageado no Ceará. "O único Estado onde nunca sofri nenhum tipo perseguição. É uma grande alegria receber este reconhecimento de um Estado que sempre me tratou tão bem."

Ele lembrou que ficou "apavorado" quando, na época, começou a se sentir pressionado e a ter certeza de que os episódios acontecidos antes eram fruto da central de boatos da ditadura. "Disseram que tinham conhecimento das minhas atividades extra-futebol."

Mais conteúdo sobre:
Nando Zico Ceará ditadura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.