Isabella: inquérito deve ficar para amanhã, diz promotor

O promotor Francisco Cembranelli, que cuida do caso da morte da menina Isabella Nardoni, disse que recebeu uma ligação da delegada-assistente do 9º Distrito Policial, Renata Pontes, afirmando que o inquérito só será entregue amanhã ao Ministério Público. A entrega estava prevista para hoje, mas a delegada alegou que não teve tempo para concluir o relatório final, segundo o promotor. Cembranelli afirmou que amanhã o inquérito deverá ser apresentado junto com o pedido de prisão preventiva do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, pai e madrasta de Isabella.

CAMILA TUCHLINSKI, ESPECIAL PARA A AE, Agencia Estado

29 de abril de 2008 | 17h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.