Isabella: polícia aciona Justiça para fechar espaço aéreo

A Polícia continua a insistir no fechamento do espaço aéreo durante a reconstituição do assassinato de Isabella Nardoni, de 5 anos, na zona norte da capital paulista, neste domingo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) entrou hoje com uma representação na Justiça para que a Aeronáutica autorizasse o bloqueio do espaço aéreo em um raio de 3 km no entorno do Edifício London, após a recusa da Aeronáutica. O pedido foi feito junto ao juiz do 2º Tribunal do Júri do Fórum de Santana, Mauro Fossen. O prédio fica em uma rua do bairro do Carandiru e o trabalho deve durar o dia inteiro de domingo.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

25 de abril de 2008 | 13h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.