Islândia reduz alerta de risco para vulcão Bardarbunga

Uma autoridade islandesa, a Met Office, disse no domingo que estava reduzindo o nível de risco para o vulcão Bardarbunga, na parte central da Islândia, de vermelho para laranja.

REUTERS

24 Agosto 2014 | 09h39

O alerta vermelho é o mais alto nível de risco.

A decisão foi tomada depois que o escritório disse em seu site mais cedo neste domingo que havia sinais de atividade vulcânica em curso no Bardarbunga. O escritório tinha elevado o nível de risco após a detecção de uma pequena erupção sob uma geleira próxima.

O Met Office disse mais cedo que dois terremotos abalaram o vulcão Bardarbunga durante a noite.

Cinzas da erupção do vulcão Eyjafjallajokull da Islândia em 2010 fecharam grande parte do espaço aéreo europeu por seis dias, afetando mais de 10 milhões de pessoas e custando 1,7 bilhão de dólares.

A pequena erupção subglacial de sábado, que fechou parte do espaço aéreo da Islândia, embora seus aeroportos permaneçam abertos, também estava na área de alcance do Bardarbunga, mas a uma distância de 25 km de epicentros dos terremotos, segundo o Met Office.

Houve milhares de pequenos terremotos durante a semana passada em Bardarbunga, que é o maior sistema vulcânico da Islândia e localizado sob a calota de gelo de uma geleira. Ele está em uma faixa diferente do Eyjafjallajokull, que entrou em erupção em 2010.

O Met Office disse em um comunicado que um terremoto de uma magnitude de 5,3 a 5 quilômetros de profundidade tinha ocorrido após a meia noite, enquanto outro, com uma magnitude de cerca de 5, tinha ocorrido há cerca de cinco horas depois.

"Estes são os eventos mais fortes medidos desde o início da crise sísmica na Bardarbunga e o mais forte desde 1996", disse o escritório em seu site.

(Reportagem de Robert Robetersson)

Mais conteúdo sobre:
ISLANDIA VULCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.