Bernat Armangue/AP
Bernat Armangue/AP

Israel diminui restrições a pescadores palestinos e implementa cessar-fogo

Trégua exige que Israel relaxe restrições na costa de Gaza; crianças palestinas voltam às escolas

Reuters

24 de novembro de 2012 | 11h28

Israel relaxou neste sábado, 24, restrições a pescadores em Gaza e implementou um cessar-fogo intermediado pelo Egito após uma semana de intensos confrontos, informaram autoridades palestinas.

Milhares de crianças palestinas retornaram à escola após dez dias, em outra indicação de que a vida estava voltando ao normal após 166 palestinos e seis israelenses terem morrido no confronto.

"O gabinete do primeiro-ministro do Hamas na Faixa de Gaza, Ismail Haniyeh, disse que o Egito o notificou de que Israel tinha permitido a pescadores palestinos pescarem em Gaza a uma distância de 6,9 quilômetros, em vez de 4,8 quilômetros", afirmou.

Israel não comentou o assunto de imediato.

O cessar-fogo de quarta-feira exige que Israel relaxe as restrições na costa de Gaza, território onde levantou muitos bloqueios desde que o Hamas assumiu o controle nele, em 2007.

As partes não chegaram a um acordo sobre exatamente quando e como as restrições serão suspensas.

Um pescador disse à Reuters que ele e colegas já tinham passado do limite de 6,9 quilômetros neste sábado e que Israel não os abordou.

"É um bom passo", afirmou Murad Al-Issi, ressaltando que o melhor seria que Israel autorizasse o dobro da distância.

(Por Allyn Fisher-Ilan)

Tudo o que sabemos sobre:
paz inatingível

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.