Israel fecha organização de caridade 'ligada ao Hamas'

Soldados israelenses fizeram buscas em escritórios na Cisjordânia.

Da BBC Brasil, BBC

07 de julho de 2008 | 11h51

Soldados israelenses fecharam os escritórios de uma organização de caridade palestina ligada ao grupo militante Hamas, que controla a Faixa de Gaza.Os soldados confiscaram documentos e computadores durante a operação na cidade de Nablus, norte da Cisjordânia.Segundo o correspondente da BBC no Oriente Médio Tim Franks, a operação dos soldados israelenses ocorreu pela manhã em uma escola, um centro de aconselhamento para mulheres e uma clínica médica.De acordo com autoridades palestinas locais as instalações foram fechadas e saqueadas.Os escritórios da organização Tadamun foram fechados e os soldados colocaram cartazes afirmando que "os escritórios foram fechados, pois eram parte da infra-estrutura terrorista".As organizações palestinas negam a acusação. O Hamas, por sua vez, afirmou que as organizações de caridade as quais apóia fornecem serviços sociais legítimos e não têm nenhuma relação com a sua luta armada contra Israel.Segundo correspondentes na região, o Exército já realizou operações parecidas nos arredores de Hebron, Qalqilya e Rammallah, e a campanha agora está sendo estendida.Segundo o correspondente da BBC, o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, e o governo israelense temem que o Hamas consiga mais apoio e força na Cisjordânia.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.