Itália prende 38 em ação contra máfia calabresa

Organização criminosa tinha ligação com tráfico de drogas em toda Europa

Da BBC Brasil, BBC

07 de abril de 2008 | 11h30

Centenas de policiais federais italianos fizeram uma operação especial na cidade de Crotone contra a máfia da Calábria, região do sul do país. A polícia prendeu 38 pessoas por assassinato, extorsão e tráfico de drogas. Também houve prisões nas cidades de Roma e Bolonha. Entre os presos, estão integrantes de diversas famílias que formam a "Ndrangheta" - nome pelo qual a máfia calabresa é conhecida na Itália. A Ndrangheta (nome derivado de palavra grega que significa "honra") tem ligações com o crime organizado no leste europeu e com o tráfico de drogas em todo o continente. Um porta-voz da polícia disse que as prisões desmantelaram o comando de gangues mafiosas locais. A disputa recente entre as diferentes gangues teria causado pelo menos quatro mortes. A estrutura familiar sigilosa da máfia calabresa era considerada de difícil acesso para os investigadores. Nos últimos dias, no entanto, informantes forneceram novos dados que permitiram as prisões. A polícia disse ter prendido integrantes de uma gangue que tinha planejado o assassinato de um promotor público italiano há dois anos.     Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaMáfia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.