Italiano de 101 anos morre após seis meses de casamento

Rebaudi casou-se com Sophie no dia 25 de junho deste ano, após namorarem por mais de 50 anos

Ansa,

23 Dezembro 2008 | 14h45

O médico aposentado Giuseppe Rebaudi, de 101 anos, morreu no último domingo, após quase seis meses de casamento com a francesa Sophie Basain, de 98 anos, sua namorada desde 1952.   Segundo o jornal italiano Il Secolo XIX, "Pippo" estava se sentindo mal há alguns dias, e morreu nos braços da sua governanta, Maria Perrone.   Maria declarou ao jornal que ainda não teve coragem de contar o falecimento para a esposa Sophie, que está no hospital com uma fratura no fêmur. "Não quero causar a ela uma dor... Ela pergunta pelo marido a todo momento", disse.   Rebaudi casou-se com Sophie no dia 25 de junho deste ano, após namorarem por mais de 50 anos. O casal só foi morar junto depois da cerimônia, porque a noiva achava indecoroso viver com um homem que não fosse oficialmente seu marido.   O velório de Giuseppe aconteceu nesta segunda, na cidade de Bordighera, onde o casal vivia, localizada no noroeste da Itália. O corpo foi enterrado em um túmulo da família no cemitério de Vallecrosia.

Mais conteúdo sobre:
morteidosoitáliacasamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.