Italianos preparam 'ilha da Física' no Second Life

Cientistas da Itália propõem território para estudar e estimular alunos a se interessar pela disciplina

Ansa

07 de dezembro de 2007 | 14h53

Construir uma "ilha da Física" dentro do Second Life que permita realizar experiências científicas e estimular os estudantes a se interessar pelo tema. Esse é o objetivo de um projeto proposto por organizações italianas de pesquisa. "A web de hoje permite certamente uma maior experimentação de muitos conteúdos que por meio da modalidade tridimensional são melhor comunicáveis", defendeu Franco Luigi Fabbri, dos Laboratórios do Instituto Nacional de Física Nuclear da Itália, ao apresentar a iniciativa no Fórum Nacional sobre a Comunicação da Ciência. "Poder interagir com um objeto, rodá-lo, decompô-lo em várias escalas para novamente montá-lo e redimensioná-lo fornecerá um poderoso estímulo à aprendizagem", acrescentou o cientista. O projeto de divulgação científica "A Física Entra no Second Life" é promovido pelo Instituto Nacional de Física Nuclear da Itália (INFN) e pela Organização Nacional para as Novas Tecnologias, a Energia e o Ambiente (Enea) e busca financiamento no Ministério da Pesquisa italiano. MetaNews O Second Life ganhou versão brasileira em abril, distribuída no País pela Kaizen Games e pelo iG. Desde o final de junho, o Grupo Estado também edita o MetaNews no mundo virtual. Atualizado de forma dinâmica, traz notícias sobre o mundo virtual e dicas de lugares interessantes, eventos e agenda cultural. O MetaNews é distribuído nas coordenadas MLBR Copacabana 3 (164, 150, 23). Clique aqui para teleportar e pegar um exemplar.

Tudo o que sabemos sobre:
Second LifeGamesFísica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.