Itamaraty pede explicação sobre maus tratos à idosa

O Itamaraty reiterou o pedido de explicações à Espanha pelo tratamento dispensado à aposentada Dionísia Rosa da Silva, de 77 anos, barrada no Aeroporto de Barajas, em Madrid, ao tentar entrar no País. Ela teria ficado três dias retida no aeroporto por não ter uma carta-convite, exigência da Espanha aos brasileiros que chegam ao país para se hospedar na casa de familiares e amigos. Dionísia foi deportada e voltou ao Brasil na última sexta-feira (9).

ANNE WARTH, Agência Estado

13 Março 2012 | 20h35

De acordo com o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Tovar Nunes, a carta enviada pela ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, dá mais força e reforça o pedido do Itamaraty. "Vamos reiterar e formalizar o pedido de explicações sobre a senhora Dionísia e os alegados maus tratos a cidadãos brasileiros que tentam entrar em território espanhol", afirmou.

Segundo ele, as autoridades espanholas disseram ao Itamaraty que Dionísia recebeu tratamento adequado. "Não temos elementos completos, por isso estamos pedindo informações porque achamos que uma senhora de idade que tenha o legítimo desejo de entrar no país não merecia o tratamento que parece ter recebido".

Segundo o embaixador, a aplicação de medidas de reciprocidade por parte do Brasil aos espanhóis que queiram entrar no País terá início em abril. Os espanhóis interessados terão de comprovar que têm dinheiro e local para ficar no Brasil. "Faremos a aplicação do que nós consideramos adequado para filtrar a entrada de cidadãos espanhóis e, claro, refletindo o que eles acham necessário para a entrada de brasileiros", afirmou. "Tentamos por um bom tempo aliviar os requisitos para a entrada de brasileiros, mas não foi possível. Não houve alternativa ao Brasil, senão aplicar também esses requisitos".

Mais conteúdo sobre:
Itamaraty Espanha idosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.