Jair Rodrigues revive anos 60 e cativa público

O carisma do cantor Jair Rodrigues marcou a homenagem aos festivais de música dos anos 60, período de efervescência cultural do País que abriu espaço para o surgimento do Jornal da Tarde, em 1966, que trouxe um novo modelo de jornalismo, com uma diagramação arrojada. Jair cativou a todos no Auditório Ibirapuera ao interpretar Disparada, um sucesso da época, acompanhado apenas de um violão.

O Estado de S.Paulo

25 Maio 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.