Japão captura golfinho com ´vestígio´ de pernas

Pesquisadores japoneses afirmaram, no domingo, 5, que um golfinho capturado em outubro tem um par extra de barbatanas que podem vestígios de patas traseiras, descoberta que tem o potencial de fornecer novas evidências de que os mamíferos marinhos já viveram no solo.Pescadores capturaram o golfinho de quatro barbatanas ainda vivo, ao largo de Wakayama, no oeste do Japão, e alertaram o Museu de Baleias Taiji, de acordo com o diretor da instituição, Katsuki Hayashi.O registro fóssil mostra que golfinhos e baleias já foram animais de quatro patas, que viveram em terra há 50 milhões de anos e partilham um ancestral comum com os hipopótamos. Fetos de baleia e golfinho apresentam sinais de membros traseiros, que geralmente desaparecem antes do nascimento.Embora estruturas de formato anormal já tenham sido encontradas na cauda de golfinhos e baleias capturados no passado, pesquisadores afirmam que esta é a primeira vez que se encontram nadadeiras simétricas e bem desenvolvidas.O segundo par de barbatanas - muito menores que as dianteiras - têm o tamanho aproximado de uma mão humana e aparecem perto da cauda, na parte de baixo do golfinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.