Japão confirma novo caso de gripe aviária; vírus é tipo H5

O Japão confirmou, nesta quinta-feira, 25, mais um caso de gripe aviária do tipo H5, em uma fazenda de criação de aves localizada em Miyazaki, na região sudoeste, de acordo com uma autoridade do Ministério da Agricultura. No entanto, mais testes serão necessários antes de confirmar se o vírus, que já havia matado mais de mil aves, era o H5N1, acrescentou. Os testes até agora confirmam a presença do subtipo H5 da gripe na fazenda. No início deste mês, o Japão sofreu seu primeiro surto do vírus H5N1, que também é letal para seres humanos, em aves domésticas, em mais de três anos. Não foram registrados casos de humanos infectados. O Ministério da Agricultura disse em um comunicado que mandou sacrificar as aves da fazenda e desinfetar o local. O movimento de pessoas e bens num raio de 10 quilômetros do local seria restringido, acrescentou. Em 2004, o Japão teve quatro surtos de H5N1 em aves entre janeiro e março, incluindo um em Kyoto, no oeste japonês, quando 240 mil galinhas foram separadas e 20 milhões de ovos, destruídos.

Agencia Estado,

25 de janeiro de 2007 | 13h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.