Japão produz namorada-robô para homens solitários

Chamada 'Ema', robô tem um busto grande, é pequena, muito amigável e funciona com baterias

Reuters,

17 Junho 2008 | 19h29

     ReutersUma companhia japonesa produziu uma robô de 38 centímetros, com traços femininos, que beija quando recebe a ordem e que começará a ser vendida em setembro por cerca de 175 dólares. O alvo da namorada robótica são homens solitários. O robô tem um busto grande, é pequena, muito amigável e funciona com baterias.   Usando seus sensores infravermelhos e alimentada por uma bateria, a diminuta senhoria chamada "EMA" faz beicinho quando uma cabeça humana se aproxima e entra no que o desenvolvedores chamam de "modo de amor".   "Forte, resistente e pronto para lutas são termos freqüentemente associadas aos robôs, mas nós queremos quebrar esse estereótipo e oferecer um robô que seja doce e interativo", afirmou Minako Sakanoue, uma porta-voz da fabricante, a Sega Toys. "Ela é adorável e apesar de não ser humana, ela pode agir como uma verdadeira namorada".   A EMA, sigla para Eternal Maiden Actualization (Atualização Eterna de Donzela), também pode distribuir cartões de visita, cantar e dançar. A expectativa da Sega é de vender 10 mil unidades no primeiro ano.   O Japão, lar de quase metade dos 800 mil robôs industriais do planeta, prevê um mercado de 10 bilhões de dólares para inteligência artificial em uma década.   (Reportagem de Chika Osaka)

Mais conteúdo sobre:
Japão namorada-robô

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.