Japonês mora em aeroporto no México há 3 meses

Homem diz não ter planos de voltar ao Japão e sobrevive com doações de lanchonetes.

Da BBC Brasil, BBC

24 Novembro 2008 | 15h06

A história do japonês Hiroshi Nohara lembra o roteiro do filme O Terminal, com Tom Hanks, mas é pura realidade: há três meses, ele desembarcou no Terminal 1 do Aeroporto Internacional Benito Juarez, na Cidade do México, e ficou por lá.A parada era só uma escala, mas ele decidiu esticar a estada e agora diz não ter planos de voltar ao Japão.No começo, funcionários do aeroporto contam que passageiros se mostravam assustados com a insistente presença do homem, que sobrevive de doações das lanchonetes no aeroporto.No entanto, aos poucos, Nohara se transformou em uma espécie de celebridade no México, apesar do mal cheiro de quem parece não ter tomado banho pelo menos desde o dia 2 de setembro, data em que pousou no México.Atualmente, o japonês posa para fotos ao lado de turistas e até dá autógrafos e entrevistas.Ele afirma não ter tido qualquer motivo específico para escolher o aeroporto da Cidade do México, mas afirma que, se tivesse que encontrar uma razão, diria que é "porque queria respirar o ar mexicano no aeroporto".Como o japonês tem um visto válido para o México, ele não pode ser expulso do país até o vencimento do prazo de validade, em março.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
méxicojaponêsaviãoaeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.