John McCain conquista nomeação republicana

Senador ultrapassou número necessário de delegados; Mike Huckabee anunciou apoio.

Bruno Garcez, BBC

05 de março de 2008 | 03h05

O senador pelo Estado do Arizona John McCain obteve a indicação do Partido Republicano para concorrer à Presidência dos Estados Unidos.Ele necessitava de um total de 1.191 delegados para obter a indicação do partido, mas alcançou um número até superior, um total de 1.195 delegados.McCain venceu nesta terça-feira as primárias republicanas realizadas nos Estados de Ohio, Texas, Vermont e Rhode Island.Nesta quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve anunciar seu apoio a McCain.O líder americano havia dito que manifestaria o seu apoio ao pré-candidato que obtivesse o número necessário de delegados para a indicação.HuckabeeNo Texas, depois da divulgação das primeiras projeções, o ex-governador de Arkansas e pré-candidato republicano Mike Huckabee abandonou a disputa e anunciou seu apoio a McCain.Huckabee surpreendeu ao obter vitórias inesperadas em oito Estados americanos e havia decidido continuar na disputa ainda que matematicamente não tivesse condições de obter o número necessário de delegados para ser o indicado do partido.Huckabee, que é um ex-pastor batista, cativou eleitores na ala mais conservadora do Partido Republicano.Ao anunciar seu apoio a McCain, ele fez elogios ao adversário. "Ele fez uma campanha honrada porque é um homem honrado. As duas campanhas permaneceram de pé até o final", disse Huckabee, elogiando o tom civilizado da disputa.O ex-governador anunciou que havia telefonado a McCain e manifestado "não apenas o meu apoio, mas também o meu compromisso em unirmos não apenas nosso partido, mas também nosso país".Huckabee comentou o ceticismo com o qual sua candidatura foi encarada no início e os bons resultados que obteve, a despeito da escassez de recursos de sua campanha."Eu tive a melhor equipe de alguém que já concorreu à Presidência e tive também a menor equipe de alguém que já concorreu à Presidência. Nunca ninguém chegou tão longe com tão pouco. Eu disse a cada um que eles teriam de trabalhar por dois. Mas eles trabalharam por três ou quatro."Analistas especulam que McCain poderia oferecer a vice-presidência a Huckabee, o que seria uma forma de conciliar um candidato a presidente mais afeito a ala moderada do Partido Republicano e um vice alinhado com a facção conservadora.No entanto, alguns acreditam que esse seria um passo em falso por parte de McCain, já que Huckabee possui diversos pontos de vista controversos. Ele é um criacionista que não acredita na teoria evolutiva de Charles Darwin e, em termos econômicos, adota uma linha populista.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.